O que é a Bênção do Útero?
24 de Maio de 2017
Integrando feminino e masculino através da psicologia transpessoal e da astrologia
4 de setembro de 2017
Mostrar tudo

Sensualidade para si, antes de ser para o outro

Uma das coisas mais preciosas que aprendi nos meus mergulhos pelo feminino é que a sensualidade é sagrada e antes de mais nada, é uma jóia que deve ser ofertada a si mesma antes de ser compartilhada com os outros.

Tal como uma jóia rara, a sensualidade tem um valor inaudito e portanto não deve ser entregue a qualquer pessoa.

Desde que aprendi isso, carrego esse aprendizado no âmago mais profundo do meu Ser, e a cada dia sinto ainda mais honra e devoção pela minha expressão sensual, tal como passei a apreciar a expressão única de cada mulher.

Quando adentramos esse recôndito tão bendito do nosso Ser, não há mais espaço para inveja, competição, comparação e ciúmes. Como vemos a nós mesmas como Deusas e passamos a reconhecer nossa singularidade, automaticamente passamos a reconhecer a unicidade de cada mulher. Passamos a aprender umas com as outras, apoiar e reverenciar a beleza de cada uma.

Magnifico é, quando cada mulher resgata em si sua expressão mais pura, verdadeira, e sublime, permitindo-se transcender todos os julgamentos e amarras que tolhem sua autêntica expressão.

Mergulhadas em nosso ventre, permitimos aflorar todo o nosso poder pessoal, fonte da criação e materialização de todas as bênçãos divinas.

Por: Marina Mendes
“Encorajo pessoal na expressão do seu pleno potencial”

 

Você pode se interessar por

Comentários

Comentários

Os comentários estão encerrados.